Um caderno de leituras

"esguias Graças, Musas de mais magas tranças,
vinde, vinde agora"

Safo

domingo, 1 de fevereiro de 2009

NÁIADES

wikimedia
O Jogo das Náiades (1886), de Arnold Böcklin

2 comentários:

TANTOS VERSOS disse...

Que tela magnífica!!!
Parece que podemos mergulhar tbém neste sonho!! Lindo demais!
Você se importa se eu colocar um link do teu blog no meu?
Beijo Marcilio!
Bea

Marcilio Medeiros disse...

Bea,
é um prazer tê-la aqui novamente.
obrigado pelo comentário e carinho.
claro que pode linkar o blogue.
bjs